quarta-feira, outubro 25

É pá,... ó puto...

...e se tu fosses dar pontapés nas entranhas da tua mãe????

Anh?....Ah! Está bem!!

16 comentários:

mags disse...

patrícia, vi o q me deixaste no meu blog... e estou contigo! volta sempre!
qt aos pontapés, n sou ame, e percebo que seja um tudo nada horrivel seres espancada por dentro pelo TEU filho... mas olha... qd nhascer e recuperarres da epidural, vais amar!!!
parabens!!! vou ficar atenta às tuas pressões! :)

fantasma disse...

LoooooooooL!!!
Depois vingas-te! :o)

Joana disse...

Ainda nao cheguei a essa fase...o meu nem sim nem sopas...nem um piparote que eu consiga distiguir...chatinh@....

Joana disse...

Ainda nao cheguei a essa fase...o meu nem sim nem sopas...nem um piparote que eu consiga distiguir...chatinh@....

PA disse...

lololol Espera pela pancada!
Cheguei a ter situações embaraçosas do género de estar sossegada e levantar-me de repente (mas mesmo de 'repentemente') só porque suas excelências me enfiavam o pézinho debaixo das costelas!!

PA disse...

(Assim tipo: estica-te aí, ó gorda, que eu não tenho espaço cá dentro...)

BlueAngel disse...

Pois... dizem q faz parte do estado de graça em q te encontras lol são as chamadas maravilhas da maternidade :-)

ana disse...

Não digas mal dos pontapés. É sinal que estão cheios de vida. Eu pessei horrores de ansiedade na primeira gravidez, porque o D. mal se mexia. A V., em compensação, não só não parava como conseguia a proeza de me enviesar a barriga, o que dava um efeito lindo, nem imaginas. Por mim, pontapeiem à vontade que eu aguento. Já a azia é que dispensava.

Patrícia disse...

Eu não digo mal Ana, até acho certa piada, mas lá que às vezes fico com os olhos reviradinhos isso fico...E claro que tenho de mandar vir com ele;)
E sim, a azia parece ser uma óptima companheira a ver pelos indícios que começo a receber!

Mãe Babada disse...

Tão bom, tão bom, tão bom!
(grita a minha veia maternal)

papalagui disse...

lol,
As cores estão quase escolhidas :))

ana disse...

patrícia, remédios caseiros para a azia: comer amêndoas com pele e chupar caroços de azeitona. Não dei por grande efeito, mas uma pessoa sempre se entretém.

Loca disse...

Outro remédio para a azia, andar com um seixo rolado na boca, a fazer de rebuçado, preferencialmente de calcário... resulta :))

Havias de ver a minha barriga quando foram os gémeos, sentava-me, um esticava um cotovelo e ficava com um alto na barriga e, depois vinham os movimentos todos de seguida para se acertarem naquele espaço pequeno, parecia uma data de vulcões alinhaditos....

ana disse...

As mãe de gémeos são sempre assim: a malta aqui a trocar figurinhas e elas chegam e arrasam com a concorrência...

Patrícia disse...

podes crer! São terríveis;)
Eu acho que estar grávida de gémeos, deve ser alucinante!

ana disse...

Não tão alucinante quanto tê-los depois cá fora, penso eu de que :-)