domingo, outubro 16

Gatos


Eu não gosto de gatos. Durante toda a minha vida, sempre gostei mais de cães que de gatos, talvez por sempre ter tido cães, mas isso agora não interessa nada. A verdade é que os gatos não me convencem. Mas antes de começarem a mandar-me pedras, e chamar nomes, e dizerem que devo ter sido rato noutra vida, e não sei mais o quê, deixem-me explicar porque é que não gosto dos bichanos.
Os gatos são criaturas independentes, inteligentes, territoriais, donos de si, muito bonitas, dados aos donos etc, etc.... E eu concordo e acrescento duas coisinhas:
-Os gatos são terroristas com acesso a armas químicas, de acção selectiva, poderosíssimas.
-Os gatos NÃO GOSTAM DE MIM.
E não gostam mesmo...todos. Basta eu entrar no seu território, e pimba.... atacam-me. E ainda por cima muitos deles vêm cheios de falinhas mansas, roçar-se nas minhas pernas como se me adorassem, e tal e coiso.... mas certo é que mais minuto menos minuto, lá vem o ataque! Eu até sou gaja de oferecer a outra face, mas com os gatos.... é com cada bofetada, que fico virada de pantanas a gemer....
O modus operandi dos gatos não varia muito! É ver-me entrar numa casa em que vivam gatos, e começa a operação. Uns minutos de paz, e o gantrax entra em acção. Começa por uma comichão no queixo... uma comichão que vem de dentro e que não passa por mais que coce. Uns minutos mais e ataca-me os olhos. Começo a chorar e a coçar os olhos de tal maneira que incham e ficam vermelhos e doridos. Esta fase pode ou não ser acompanhada por sonoros e repetidos espirros. É mais ou menos por esta altura que começo com falta de ar. Lá vou eu, fazer o ventilan, a ver se aguento pelo menos mais uns minutinhos. Geralmente se não desisto por esta altura e abandono o território do raio do gato, tenho duas opções.... uma é passar a noite à janela, a outra é ir tomar meio comprimidinho mágico*.... que me deixa a dormir por dois dias mas permite-me manter-me viva e em território inimigo por mais um bocado.
Este gantrax, parece ser a mais nova e eficiente das armas químicas, porque é selectiva e só ataca mesmo quem os gatos querem.... se a Al-Qaeda descobre a cena... o Bush está bem lixado.
Portanto... se os gatos não gostam de mim.... porque raio é que eu hei-de gostar deles????


*também conhecidos por anti-histamínicos ou comprimidos de neutralização de gantrax.

10 comentários:

papalagui disse...

Que engraçado... há tantas pessoas que não gostam de gatos... Hoje apanhei na SicNotícias a Lygia Fagundes Telles a falar do último livro, que tem a ver com gatos também, e a dizer que prefere "gato a cachorro" mas que acha que deve ter sido cachorro noutra vida.

Teresa disse...

Finalmente alguém em entende! Comigo é um bocadinho diferente, mas realmente gatos não me convencem - pessoalmente não tenho nada contra alguns, mas o que amo mesmo são caes. Sou pelos caes e pronto, estou farta do gatismo na nossa sociedade! Vingo-me claro não comprando nada com gatos.

Anónimo disse...

Gostas tanto de cães, comenta lá uma chamada Peperite!

Olenellus disse...

Eu gosto de gatos, desde que não me chateiem... largam pêlo (o que prejudica a minha alergia), arranham sem aviso previo e não estão sempre disponíveis para uma brincadeira quando os donos querem. Para que serve um animal de estimação com vontade propria?

Patrícia disse...

lol

Flor disse...

Eu gosto de todos os bichos, excepto aquele insectos nojentos denominados de aracnídeos :-( Fui mordida por uma aranha uma vez e passei a ter um pavor dessas coisinhas horrorosas.
Acho que todos os animais têm os seus encantos e compreendo perfeitamente que existam pessoas que não gostem de gatos, cães, whatever. Gostos são gostos, como tudo.
E eu adoro a minha gata!!! E também queria um cão mas não posso :-(

Ó Patrícia, se alguma vez nos chatearmos, eu convido-te para ir lá a casa ;-)
*****

fantasma disse...

Eu também não gostava de gatos, embora nunca tivesse sido "atacada" por nenhum, mas desde que tenho a minha Matildinha linda, não quero outra coisa!! ;o)

Mas tu gostas do que quiseres, Patricia!!! Estou é como a Flor, se nos chatearmos, já sabes que podes lá dar um pulinho a casa... :op

Anónimo disse...

era suposto os gatos gostarem de peixinho.... tu és peixinho, linda!!!!!
Guida

Vadusto disse...

A madrinha do meu filho tem um gato... um gatarrão laranja tipo Garfield só que com garras esquisitas, assim meio torcidas e que vão parecendo maiores à medida que ambos envelhecemos. Cada vez que janto lá em casa escondem o tigre e quando ele passa por mim, amuado por lhe roubar o território, não consigo deixar de me sentir na Twilight Zone, prestes a ser...

Kiko Basketball Coach disse...

Eu tambem era da tua opinião ate que um dia a minha filha pediu para levar um gato para casa foi estas férias no Montijo. Eu nunca tinha tido um gato não sabia nada nem gostava deles. Mas hoje tou mudado tenho uma grande amizade com o meu KIKO é o meu pseudonimo é o meu Gato.Nada como esperimentar.
Um Abraço