segunda-feira, abril 3

Portugal visto pelos russos da Tasmania!

Da primeira vez que cá estivemos conhecemos uma russa, a Nina que quando soube que éramos portugueses nos disse que em Portugal só tinha estado no aeroporto. E depois exclamou :
-Oh, but I saw such veautiful vomen there!! Many many veautiful vomen, Oh! And so many blacks…. Oh!!!!
Há pouco tempo lembrei-me desta história porque está cá um russo, o Valérie, a passar uns meses. O Valérie é professor numa universidade de Moscovo, mas já morou em Londres, já morou na Australia e já correu mundo em trabalho. Outro dia foi ao laboratório para me pedir para eu lhe fazer umas preparações numas amostras, e conversa puxa conversa, descobri que ele já tinha estado em Portugal a trabalhar com algumas das pessoas com que eu também trabalho (o mundo é pequeno, mas o mundo da geologia é microscópico!). De repente, a meio da conversa grita o Valerie:
-Oh..... and the Portuguese food!!! So, so good! It’s the best food in the world!! Such big serves and cheap also!!!
Portanto, temos a melhor comida do mundo, mas não por ser saborosa.... é mais por ser muita!!

8 comentários:

fantasma disse...

Pronto. Deixa-o lá estar! ;op

ana disse...

Olha que isso da quantidade não é dispiciendo. Quando vamos a França e nos deparamos com uma ilhota de comida muito solitária no centro de um prato enorme; quando em Espanha pedimos um bife e depois verificamos que no prato só vem mesmo... o bife; e quando verificamos a conta nesses países; damos muito valor à nossa rica meia-dose, que tantas vezes chega para duas pessoas (no Norte então nem se fala).

Buda disse...

Pois eu acho que temos excelente comida e sim realmente bem bastante bem servida! Mas se todos fossem como eu que nao chega uma dose pra mim (quanto mais meia dose pra duas pessoas!) por isso e que temos boa comida em boas quantidades :P 1 abraço.

Patrícia disse...

Eu também não acho que a quantidade seja coisa de pouca importância. E o Valérie quando disse o que disse deixou subentendido que gostava muito da comida, eu é que achei piada à sequência das frases.
Aliás, eu cá por mim concordo em absoluto com ele;)

Deby disse...

Temos optima comida ca em Portugal...
E eu q sou do Algarve posso-m gabar msm...k os doces então???!!!
Vai um D. Rodrigo?
Jinhos

Klipp disse...

Gaijas e morfos, não é mau! E a Tasmânia, é mais o quê? Não digas! À força de ler o teu blog (e esta é apenas uma força de expressão :-) ando curioso para visitar isso. Um ia, na juventude da minha próxima vida - como diziaum dos Dalai lama - hei-de ir à Tasmânia.
Inté!

guga disse...

ele só tinha era de conhecer os sítios certos...

bjs Sandra

Rosa disse...

Boa comida e veautiful vomen. Muito das duas. É assim o nosso Portugal! :)