quarta-feira, dezembro 19

A história de uma abelha.

Era uma vez uma abelha que numa fria manhã de inverno voava ligeira. "Que linda flor grande e preta... vou já poisar!"- pensou.
Naquela manhã, estremunhada e cheia de frio, abri a janela e rapidamente tirei a camisola que queria do estendal. Num gesto, virei-a do direito e vesti-a. "AAIIIIIII, o que é isto?"- gritei. Levei a mão ao braço oposto e afastei o que quer que fosse que tinha sentido. Apertei os dedos e ouvi (foi mais sentir que ouvir, mas não interessa!): "CRUNCH!". Voltei a tirar a camisola e larguei a coisa para o chão. A abelhinha ainda abanava uma asinha.... dei-lhe uma sapatada e ela rapidamente ficou quieta. Quatro dias depois ainda tenho o braço todo vermelho e uma comichão irritante...ESTÚPIDA DA ABELHA!
FIM
P.S. Vi uma entrevista ao Seinfeld por causa do filme "A história de uma abelha". Politicamente correcto até à medula... coitadinho.

4 comentários:

fantasma disse...

LOL! Tinha-me dado uma coisinha, tenho pavor de abelhas ;)

Anónimo disse...

coitada da abelha, mais valia ter encontrado o calimero!!

barb michelen disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
AnaJ disse...

Não são só as abelhas q te andam a morder Maria Patrícia, dá-me a impressão que estás com um ataque de spam também :P

Malditos

PS- Bom ano!