domingo, novembro 27

Vai um nesquik de pastilha elástica??


Depois de tanto tempo aqui, ainda me fascina andar pelo supermercado e descobrir tanta coisa estranha nas prateleiras. É engraçado como existe tanta coisa que nunca ouvi falar e que não faço ideia para que serve. Como o “cofee whitener”, que nem perguntando me sabem explicar... a única explicação “plausível” que me deram foi que as pessoas que não podem beber leite e ainda assim querem beber algo com ar de galão usam “cofee whitener”. Hmmm...não me faz muito sentido.
Faz-me rir o facto de não venderem cerveja nos supermercados, mas venderem kits para a fazermos em casa. Fico completamente embasbacada com a quantidade e variedade de molhos que aqui se compram e consomem. Pergunto-me se alguma vez vão perceber que a carne se pode comer sem molho.
Gosto do facto do leite se vender em garrafões de 2 ou 3 litros, e ainda saber a leite. E de a carne de vaca ser tão estupidamente barata e a maior parte das vezes tão saborosa.
Irrita-me ainda não conseguir escolher peixe porque em filetes todos os peixes são iguais. E o facto de o fiambre depois de cortado ser propositadamente amarfanhado, de tal modo que quando tentamos fazer uma “sandes” temos de andar a tentar reconstruir as fatias.
Fascina-me a variedade de chocolates e seus derivados (muitos dos quais nunca experimentei...é que são mesmo muitos!), que existe neste país de “chocaholics” . E haver nesquik de banana, morango, pastilha elástica, baunilha, caramelo e honeycomb.
E finalmente, atordoa-me a impressionante variedade de sabores que se podem inventar para estragar batatas fritas e coca-cola.

10 comentários:

Elsita disse...

Com tantos molhos e carne~de vaca tão boa, um fondue deve ser maravilhoso aí!
Os nesquiks eu passo, não sou muito dessas coisas...
E isso de estragarem os sabores da batata frita está maaaaaaal! Belos tempos, os da Pála-Pála!!

PA disse...

Gostei muito deste post.
É nestes pormenores que as nossas 'visitas' ao estrangeiro nos enriquecem! lol
Sou daquelas que adoro ficar sentada numa esplanada só a ver as pessoas passar e a fantasiar sobre as respectivas vidas. Sou também daquelas que não vai a lado nenhum sem espreitar os mercados e os supermercados.
O Nesquik de pastilha elástica eu dispenso já a pastilha elástica de nesquik não deve ser tão má.
:)))
:)))PA

Witchie disse...

Também adorei o post! E também sou daquelas que cusca os supermercados e adora ver as coisas estranhas que nós não temos...
E olha que essa quantidade monstruosa de chocolates me fez babar... Já os molhos... passo. ;)

fantasma disse...

Ler isto dá ainda mais vontade de ir até esse lado do mundo... e correr os supermercados à procura de coisas diferentes :)
Se calhar eles também achariam estranho o que nós temos por cá!
E estou como a PA, também gosto de estar nas esplanadas a ver as pessoas passar...

Elsita disse...

Eu não aguento ir ao estrangeiro e não passar um bom bocado num supermercado a estranhar as coisas que vendem, os nomes, as marcas, os preços, etc...

Joana disse...

Neste momento a minha vida anda tao deprimente que ir ao supermercado e um dos acontecimentos da semana....
:-)...

Joana disse...

Petricia, ve la se o bicho anda ai pela Tasmania ;-)

Tests reveal super-sized feral cat
DNA tests on the remains of a giant cat shot this year in Gippsland, in south-east Victoria, show it was a super-sized feral domestic cat.

Melbourne deer hunter Kurt Engels shot the cat near Dargo and kept the tail as a trophy.

He estimated it was more than 1.5 metres long and weighed about 35 kilograms.

A scientist with a 30-year interest in big cat research, Bernie Mace, sent the 600 millimetre long tail to Monash University for testing.

He says the results prove feral cats in the Australian bush can grow far bigger than ever imagined.

"The animal was big enough to be a significant threat to perhaps some of the small wallabies and I think the knowledge that feral cats grow to this size in our wild regions has got to be taken seriously and understood from an ecological point of view," he said.

Patrícia disse...

A notícia veio este fds no jornal aqui, com direito a foto e tudo! Estranho que nada foi escrito sobre terem-no morto em vez de capturado! Foi assim que deram cabo do tigre da Tasmania!

Mãe Babada disse...

Quando viajo, entro sempre nos supermercados. Também fico fascinada com as coisas que encontro :)

Olha que eu era rapariga para experimentar esses nesquiks!!!

Teresa disse...

Nesquick de morango há em Lisboa! No Martim Moniz claro, penso que tinham tb outro sabor :)